Páginas

quinta-feira, maio 10, 2012

Felicidade efêmera

Bela,
nasce atrás do monte, em frente a minha janela.
impossível não notá-la,
olhos claros, desenhos na pele,
passo horas a contemplá-la.
momento único, cativante, inspirador,
transforma minha noite escura,
num ambiente cheio de cor.
mas da mesma forma que surge, ela desaparece,
deixando saudade e sonhos,
que nunca acontecem.

2 comentários:

  1. Lembrei-me deste trecho da música da Tulipa Ruiz - Efêmera...

    "Vou ficar mais um pouquinho
    Para ver se acontece alguma coisa
    Nessa tarde de domingo.

    Vou ficar mais um pouquinho
    Para ver se eu aprendo alguma coisa
    Nessa parte do caminho."

    ResponderExcluir
  2. :) agradeço por td.... te adoro! sempre...

    ResponderExcluir